Ninguém sabe exatamente o que move o pêndulo climático.


BRIAN FAGAN
O AQUECIMENTO GLOBAL: A INFLUÊNCIA DO CLIMA NO APOGEU E DECLÍNIO DAS CIVILIZAÇÕES (2009)

Qualquer classificação climática deve acompanhar de perto a realidade viva.


MAX SORRE
OBJETO E MÉTODO DA CLIMATOLOGIA (1934)

...Os estudos de clima urbano têm sido justificados pela expressão que as cidades tomaram nos últimos anos...


MARGARETE C. DE COSTA T. AMORIM
IN OS CLIMAS DAS CIDADES BRASILEIRAS (2002)

Entonce o nortista Pensando consigo Diz: isso é castigo não chove mais não...


PATATIVA DO ASSARÉ
TRISTE PARTIDA

Le temps est une combinaison éphémere (um instant ou quelques jours, sulvant l´approximation), mais concréte...Le climat, au contraire, n´apparait qu´anprés l´´tude patiente ET methodique d´une longue período...


PIERRE PÉDELABORDE (1970)
INTRODUCTION A L´ÉTUDE SCIENTIFIQUE DU CLIMAT

O sistema climático é complexo, não linear e, à luz do conhecimento atual dos fenômenos físicos, não é possível predizer com baixo grau de incerteza como o sistema reagirá em relação a todas as alterações a que ele está sujeito.


LUCI HIDALGO NUNES (2009)
IN POPULAÇÃO E MUDANÇA CLIMÁTICA: DIMENSÕES HUMANAS DAS MUDANÇAS AMBIENTAIS GLOBAIS

...podemos extrair vários pontos de relevância na abordagem geográfica do clima.


CARLOS AUGUSTO DE FIGUEIREDO MONTEIRO
O ESTUDO GEOGRÁFICO DO CLIMA (1999)

...o ambiente atmosférico é corresponsável na diversificação espacial do complexo geográfico..


WALTER CECILIO BRINO
CONTRIBUIÇÕES À DEFINIÇÃO CLIMÁTICA DA BACIA DO RIO CORUMBATAÍ...(1973)

Configura-se, assim, o eterno dilema da Climatologia Geográfica: primeiro destruir para depois recompor ou ir direto a gênese dos fenômenos?


JOÃO AFONSO ZAVATTINI E MARCOS NOBERTO BOIN
CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: TEORIA E PRÁTICA DE PESQUISA (2013)

Em nenhuma parte do mundo o regime de precipitação pluviométrica é distribuído igualmente.


EDMON NIMER E ANA MARIA P.M. BRANDÃO
BALANÇO HÍDRICO E CLIMA DA REGIÃO DOS CERRADOS (1989)

Entrevista com o Professor Dr. José Carlos Ugeda Junior (UFMT) sobre o clima de Cuiabá-MT

O Professor Dr. José Carlos Ugeda Junior, docente do Departamento de Geografia da UFMT e Diretor-Tesoureiro da ABClima (Gestão 2018-2020), concedeu entrevista televisionada de repercussão nacional.



Ugeda Junior explicou como os fenômenos geográficos como o clima e a geomorfologia implicam na elevação da temperatura do ar e da superfície na cidade de Cuiabá-MT.



Parabenizamos o Prof. Dr. Uegda Junior pela entrevista e divulgação nacional da climatologia geográfica.



Confira a reportagem a seguir:

https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2019/09/07/queimadas-contribuem-para-o-aumento-do-calor-em-cuiaba.ghtml?fbclid=IwAR0ZGdV8pFJ0Lzix_eRmmrcDlEhsoCtNpX9PjhItirYEgFOsb1V9TZzfPow

© 2020 - ABClima - Todos os direitos reservados.
Idealização e desenvolvimento: Charlei A. da Silva (2013/2014)
Programação: Excla!m